Quinta-feira, 18 de Agosto de 2011
Auto-hemoterapia em angiodermatite necrose local: um estudo piloto
"Autohémothérapie em angiodermatite necrose local: um estudo piloto" D.
Courivaud [ 1 ], Segard Sr. [ 1 ], S. Darras [ 1 ], O. Carpentier [ 1
], p. Thomas [ 1 ] [1] Dermatologia Clínica, Huriez Hospital, CHRU, 1
Place de Verdun, 59000 Lille. Reprints: P. THOMAS, no endereço acima.
pierthomas@chru-lille.fr ResumoIntrodução O angiodermatite necrótico é
uma variedade de úlceras de perna, caracterizada pelo seu muito
dolorosas e extensas rapidamente. cicatrização é longo, com média de
11/04 meses. O tratamento é actualmente insatisfatório e difícil.
Apenas a realização de enxertos de pele precoce permitiria sedação
rápido da dor e impedir a extensão da lesão. No entanto, esta técnica,
realizada em fase evolutiva, representa um número de enxertos perdidos.
Queríamos confirmar a eficácia do autohémothérapie local proposto em 2
estudos não controlados. ... ...Conclusão O autohémothérapie utilizado
na fase inicial do tratamento reduz a dor e preparar a lesão secundária
a uma recuperação do enxerto. Publicado nos Anais de Dermatologia e
Venereologia Vol. 132, N º 3 - Março de 2005 pp 225-229 Doi:
AD-03-2005-132-3-0151-9638-101019-200513131 Em
http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=fr&tl=pt&u=http%3A%
2F%2Fwww.em-cons ... locale dans l'angiodermite nécrotique : étude
pilote
http://translate.googleusercontent.com/translate_c?hl=pt-BR&sl=fr&tl=pt&
u=http://www.em- ... Veja "Úlcera venosa ou úlcera de estase O que é?
Ferida que surge nas pernas e/ou pés em consequência da dificuldade do
sangue voltar para o coração. Tal dificuldade surge por uma
incompetência das veias das pernas em levar o sangue para cima. A
doença está relacionada, principalmente, a uma tendência genética.
Entretanto, esta dificuldade irá se manifestar mais precocemente em
indivíduos sedentários, obesos ou que permanecem longos períodos em pé
ou sentados. É também muito frequente em trabalhadores da aviação.
Manifestações clínicas As úlceras são feridas abertas e fundas nos
membros inferiores, em geral pouco dolorosas, que demoram muito para
cicatrizar. Localizam-se preferencialmente sobre os ossos dos
tornozelos e costumam surgir após leves traumatismos. Forma-se uma
pequena ferida que não cicatriza e vai gradativamente aumentando de
tamanho. Comumente estão acompanhadas de varizes, inchaço e manchas
marrons nas pernas. Pode haver inflamação, com vermelhidão e presença
de secreção purulenta (pus). Também é comum existirem áreas de alergia
ao redor das feridas. É o eczema de estase, que forma placas
avermelhadas, descamativas e com coceira. Em
http://www.dermatologia.net/novo/base/doencas/ulceras_venosas.shtml
Veja também Angiodermite
http://www.dermatologia.net/novo/base/doencas/angiodermite.shtml
Erisipela http://www.dermatologia.net/novo/base/doencas/erisipela.shtml
Ubervalter Coimbra 60 anos - Vitória - ES Publicado em
http://www.hemoterapia.org/publicacoes/autohemotherapie-em-angiodermatit
e-necrose-local-um-estudo.asp


publicado por auto-hemoterapia às 18:06
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim
.pesquisar neste blog
 
.Dezembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Auto-hemoterapia X endome...

. Com auto-hemoterapia, pac...

. Proteinúria: auto-hemote...

. AUTO-HEMOTERAPIA MELHORA ...

. AUTO-HEMOTERAPIA CURA PN...

. Auto-hemoterapia recupera...

. Auto-hemoterapia pode tra...

. AUTO-HEMOTERAPIA CURA CRI...

. AUTO-HEMOTERAPIA NA CURA...

. AUTO-HEMOTERAPIA CURA A...

.arquivos

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

.tags

. todas as tags

.Visitantes
blogs SAPO
.subscrever feeds